quinta-feira, 26 de março de 2015

Esquecer

Uma das coisas que mais amo fazer... Escrever.
Poucas pessoas devem lembrar do momento que aprenderam a ler e a escrever, nunca vou esquecer. Minha irmã mais velha que me ensinou, escrevendo com giz na porta do quarto. De tanto eu insistir ela cedeu.
E aí que bom era sentar na máquina de escrever e redigir qualquer coisa. Uma brincadeira que começou a ficar séria... Agora pensando, acho que deve ser minha paixão por teclados... só pode!

Enfim, esqueci que eu tinha um blog. Não tenho mais orkut (ninguém mais tem). Meu fotolog havia deletado anos atrás por causa de um garoto... mas fiz outro depois rsrs. Que está ativo até hoje.
Agora tenho Instagram... que considero a junção do twitter com o fotolog. ;)

Meu aniversário é amanhã e como sempre ele não existe sem pausar para refletir.
O que posso afirmar sobre um presente não esperado... Novo albúm do Nightwish lançado. Ok. sei que a Floor Jansen tem uma voz muito boa, agudos potentes, que são a marca dela. Mas ela me surpreendeu positivamente. Algumas partes das musicas ficariam melhor com a Annete (Tarja coitada ainda bem que trocaram). Um albúm muito bom, não melhor que os outros, mas manteve a ideia.
Obs: Tive que abaixar as expectativas, então isso deve ter ajudado a gostar do álbum.

Enfim, amanhã vai ser um dia difícil.
Acho que escrevendo vou me ajudar a passar por isso.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Mudanças

Pequenas mudanças podem não fazer muita diferença. Mas muitas mudanças pequenas podem transformar o mundo.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Sobre As vantagens de ser invisível.

Vim hoje até aqui, sem nenhuma pretensão de manter assiduidade, apenas para falar um pouco sobre o filme: As vantagens de ser invisível.

Gostei muito, pois não é um filme estilo “mais do mesmo”. Ok, ele é baseado em um livro(eu não li). Não tenho nada contra livros que viram filme, desde que o filme seja tão bom quanto o livro.

Não quero estragar a aventura de ninguém, a história do filme é impressionante. Adorei cada detalhe, cada música, cada figurino... É um daqueles filmes que te dá uma lição no final. E deixa aquela vontade de aproveitar cada minuto da vida.

Tanto que estou aqui escrevendo novamente, voltando a fazer o que amo.

Acredito que muito não vão gostar, afinal não é o tipo de filme que todos gostam, mas é o tipo de que alguns amam.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Dia Do Orgulho Nerd


Se um dia uma pessoa 100% Nerd  começar a conversar comigo, vou ouvir e depois sair de fininho. Sim pessoal... Sheldons são engraçados somente na TV. Na vida real é difícil conviver com estas pessoas.

Esse conceito de Nerd mudou um pouco ao longo do tempo, ou seja, você não precisa ser um "idiota", ou sei lá o que.... para ser um Nerd.

YEAAHH BABY!!

O que preciso para ser um Nerd?
Você precisa ser somente você. Então amigão, não force a barra não.
Se você não é, então aproveite pra fazer outra coisa da vida. Mas não adianta tentar, o verdadeiro nerd sabe quando passa a ser conhecido como um.
Cada Nerd, é um nerd à sua maneira.

O que eu acho legal, é que nós podemos ser como quisermos, não precisamos preencher um cadastro com uma monte de pré-requisitos. Encontramos o nosso lado Nerd quando vemos que não herdamos nada das outras classes.
É assim mesmo, ou vai dizer que um Nerd nunca quis ser popular... Claro que um nerd não consegue, e isso acaba chateando tanto que é o motivo de não ligarmos tanto para as pessoas de fora do nosso grupo. O grupo que eu me refiro é o grupo de amigos, não necessariamente nerds, mas sim amigos, parentes, família, trabalho, estudo.

O que eu mais acho legal, é que as pessoas resolveram criar uma roupa com o "estilo nerd" Fala Sério!!! Nenhum Nerd vai ir na loja comprar uma roupa que é o "seu estilo". rsrsrsrs

Não sou muito de preconceito com essa moda nerd... mas sinceramente, dona Patricinha, não vai sair na rua desfilando com uma toalha da Teka no ombro, se você nem sabe o motivo disso.

Se esse negócio de ser Nerd é realmente uma moda. Espero que o bullying por trás disso, torne os teenagers mais interessados com os estudos, com os filmes, livros, jogos, gibis, revistas, com a química, física, tecnologia e com o mundo.

Foda-se quem se rotula de nerd e não é... um Nerd não liga pra isso.
Porque ser Nerd é valorizar o conhecimento! É gravar aquilo que mais gostamos... aprender. E se o colega aí do lado não sabe ou não conhece, teremos o prazer de ensinar.

Vida longa e próspera.
Isso é tudo pessoal








quarta-feira, 16 de maio de 2012